Já se ouviu falar em terminar uma relação por SMS, mas o término de um contrato de trabalho através desta via é mais raro. Nuno Pedro, treinador do Gafanha, foi despedido por mensagem escrita, dez minutos após o jogo com a Oliveirense, uma derrota por 3-2.

Segundo avança o jornal O Jogo, o técnico português foi despedido desta forma insólita mas não terá chegado a acordo para a rescisão amigável do contrato que o une à equipa da Gafanha da Nazaré.

Em causa estarão os resultados da equipa, que disputa a fase de subida da zona norte do Campeonato de Portugal, que conseguiu sete pontos em sete jogos. Nuno Pedro rejeitou quaisquer incumprimentos de objetivos, visto que a equipa não pretendia subir de divisão. "Este ano era para garantir a manutenção e aceder à fase de subida, inédita na história do clube, e só para o ano atacar a subida de divisão", referiu o treinador.

Depois do SMS, e-mail. Devido à falta de entendimento para a rescisão amigável, o clube anunciou via e-mail que Nuno Pedro iria comandar a equipa de juvenis, uma situação desconhecida para o próprio técnico. "Desconheço essa situação porque ninguém falou comigo e não me parece correto. O meu contrato é para treinar os seniores". Ricardo Pinheiro, treinador da equipa júnior, terá assumido o comando do Gafanha que recebe outra vez a Oliveirense, no próximo domingo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.