A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) instaurou um processo disciplinar ao Futebol Benfica, na sequência de o clube ter faltado ao jogo do campeonato feminino no terreno do Torreense.

Na nota da secção não profissional do Conselho de Disciplina da FPF pode ler-se que o clube enfrenta um processo sumário com a indicação de "urgente", relativo ao jogo em atraso da quarta jornada, que tinha sido reagendado para dia 04 de novembro.

A partida estava inicialmente marcada para o dia 17 de outubro, mas acabou por ser adiada, devido a casos positivos do novo coronavírus na equipa do Torreense, disse em 04 de novembro à Lusa o presidente do clube de Benfica, Domingos Estanislau.

Reagendado para dia 04 às 19:00, o encontro sofreu novo adiamento, para as 21:15, após o Futebol Benfica ter anunciado a falta de comparência por falta de jogadoras suficientes, dado que algumas são estudantes e outras têm atividades laborais.

Estanislau disse então à Lusa que foi contactado pela FPF na tarde de dia 04 a informar da remarcação do jogo, mas para as 21:15, explicando que o clube mantinha a decisão de não comparecer.

"A FPF marcou para as 21:15 de hoje, mas não tem cabimento nenhum. Ninguém está preparado e já respondemos que não vamos comparecer. As jogadoras não são profissionais e vamos chegar aqui já perto da 01:00, quando na quinta-feira têm de ir trabalhar e ir para as aulas", disse em declarações à Lusa na ocasião.

O Futebol Benfica ocupa o oitavo lugar da Série Sul do Nacional feminino, ainda sem pontuar nos três jogos já disputados, enquanto o Torreense segue no sétimo, com um ponto em dois encontros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto