O novo presidente e ex-Director desportivo, Paulo Viage, iniciou esta nova época com a mesma equipa técnica e com poucas contratações, mantendo assim a maior parte dos jogadores do ano passado que conquistaram os antigos e novos adeptos da região.

Para já, houve apenas três contratações: Carlitos, antigo jogador do Macedo de Cavaleiros; Ricardo Nogueira, ex-jogador do Real Massamá e Mário Castanho, ex Nelas.

O objectivo do clube é simples: manter o clube nos nacionais do futebol português, quem o diz é o Presidente do Clube. «Vejo a temporada com optimismo. Sabemos que vai ser difícil mas queremos manter o clube neste escalão. Penso que vamos conseguir. Porém, o Montalegre não se pode dar ao luxo de entrar em loucuras. O orçamento é reduzido (110 mil euros) mas temos confiança que vamos fazer uma época tranquila. Conseguimos manter a espinha dorsal do ano anterior. Tenho muito orgulho nisto e mais ainda por saber que 16/17 jogadores são da terra. Todos vão ter oportunidade de jogar na III Divisão porque merecem depois de tudo que fizeram o ano passado. Vamos arregaçar as mangas! Espero que tenham sorte», afirmou Paulo Viaje ao Jornal Notícias do Vila Real.

O orçamento de 100 mil euros do clube mostra o contraste que existe nas várias ligas nacionais. Por um lado, o FC Porto tem um orçamento de 40 milhões de euros e o Naval 2,4 milhões de euros, ambas da primeira Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.