Filipe Moreira revelou que, por "questões de segurança", optou por não dar treino, tanto hoje como na segunda-feira, e a Associação de Futebol de Lisboa comunicou hoje o adiamento do jogo da Liga Intercalar agendado para quarta-feira, entre o Mafra, da II Divisão, e o Benfica.

Joãozinho foi o primeiro caso de infecção com o vírus H1N1 entre os jogador do Mafra e está de quarentena, enquanto Márcio Santos, depois de observado no hospital CUF Descobertas, em Lisboa, soube hoje que também tem Gripe A.

Segundo Filipe Moreira, o chinês Dabao, jogador emprestado pelo Benfica, apresenta igualmente sintomas preocupantes e deve também padecer da mesma patologia (gripe A H1N1).

"Está de quarentena e tem todos os sintomas que indiquem a existência da doença", disse.

No domingo, os jogadores do Mafra entraram em campo com máscaras protectoras, em protesto pelo facto de a Federação Portuguesa de Futebol não ter adiado o jogo da Taça de Portugal com o União da Madeira (vitória por 3-2, nas grandes penalidades), devido ao caso de Gripe A de Joãozinho.

Este caso e as suspeitas de outros levaram o Mafra a solicitar sexta-feira à tarde, junto da FPF, o adiamento do jogo da quarta eliminatória da Taça de Portugal, mas segundo Filipe Moreira o organismo exigiu até às 16:00 um relatório com a situação médica e declarações de quarentena.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.