A mesa da Assembleia-Geral (MAG) do Vitória de Setúbal confirmou hoje em comunicado que serão três as listas candidatas às eleições para os órgãos sociais do clube, que decorrem no próximo domingo.

No documento publicado hoje no sítio oficial do clube é anunciado que as candidaturas lideradas por Vítor Hugo Valente (lista A), Paulo Rodrigues (B) e Nuno Soares (C) foram admitidas depois de serem analisadas pela MAG, que tinha recebido as listas no domingo.

“A lista A não continha qualquer irregularidade e foi logo admitida. A lista B tinha uma irregularidade que, depois de notificada, foi prontamente corrigida, em menos de 24 horas, quando o prazo era de 48 horas”, explicaram.

Mais demorada foi a aprovação da lista C que foi inicialmente rejeitada pela Assembleia-Geral, presidida por Cândido Casimiro e só teve aprovação depois de ser apresentada uma reclamação.

“A Lista C foi rejeitada pela MAG por esta não ter indicado os dois membros suplentes do Conselho Fiscal, considerando-se por isso estar incompleta, por violação do n.º 2 do art.º 41.º dos Estatutos, e números 3, 4, e 5 do artigo 5.º do Regulamento Eleitoral. Já após o encerramento do prazo para apresentação das candidaturas, cerca das 19:00, o mandatário e alguns elementos desta candidatura apresentaram as candidaturas dos membros em falta e, uma reclamação verbal. A Mesa entendeu considerar a apresentação destes documentos como extemporânea e determinou que a reclamação tivesse de ser feita por escrito e apresentada até às 13:00 de segunda-feira, o que cumpriu”, lê-se no comunicado.

Determinante para a admissão da lista depois de apresentada a reclamação foi o “deficiente funcionamento do ‘site’ do clube”.

“Analisadas as razões invocadas, foi a reclamação deferida e admitida a lista a sufrágio, com base no deficiente funcionamento do ‘site’ do clube, donde foi eliminada a aba ‘Especial Eleições’ prevista no Regulamento Eleitoral (RE) e a publicação deste, repetida e alterada, contendo erros, por o responsável da manutenção e atualização desta parte, ter sido retirado de administrador e passado a editor, sem seu conhecimento ou informação prévia”, explicam.

Por reconhecer a lacuna, a MAG entendeu que não deveria manter a rejeição da lista liderada por Nuno Soares.

“Aos associados não podem ser coartados os seus direitos quando o único local onde estava publicitado o RE era no ‘site’ e este comprovadamente não funcionou, nem funciona bem. Assim, foram admitidas a sufrágio as Listas A, B e C”, afirmam.

As eleições para a Mesa da Assembleia-Geral, Direção e Conselho Fiscal e Disciplinar do Vitória de Setúbal realizam-se no pavilhão Antoine Velge no domingo, entre as 08:00 e as 22:00.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.