Através de comunicado, o Real Sport Clube mostrou-se contra a possibilidade de a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) terminar o Campeonato de Portugal depois de o ter feito nas competições de formação.

"A estranheza é tão maior se tivermos em conta que nos últimos tempos, em contactos formais e informais com dirigentes da FPF, temos percebido a vontade de ser encontrada uma solução global que não prejudique quem verdadeiramente apostou e investiu para poder ascender ao nível seguinte do futebol nacional", pode ler-se no referido comunicado.

O clube de Massamá recorda que fez um investimento avultado para conseguir o regresso à segunda liga e sublinha que foi prejudicado no ano passado, depois de ter sido anulado um castigo ao Casa Pia.

"Como é sabido, no final da época passada o Real foi administrativamente prejudicado e, por isso, não aceita ser prejudicado de novo. Ontem, como hoje e como amanhã, continuaremos sempre a defender a verdade desportiva! Também por isso repudiamos qualquer intenção de terminar o Campeonato de Portugal deixando tudo como está."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.