Aos 39 anos, Silas continua com o mesmo entusiasmo de sempre e quer ajudar o Cova da Piedade a evoluir numa "zona de conforto" na sua estreia na II Liga de futebol.

"Ainda é cedo para emitir uma opinião sobre o valor do atual plantel do Cova da Piedade, até porque ainda não está completo. Mas estou convicto de que todos os jogadores querem causar uma boa impressão logo nos primeiros treinos”, sublinhou hoje à agência Lusa Jorge Manuel Rebelo Fernandes, conhecido por Silas.

O internacional português, que é o mais velho jogador da equipa que conquistou o Campeonato de Portugal (terceiro escalão), diz que se sente bem fisicamente, mas diz que “o aspeto mental é mais determinante”.

“Quando a cabeça não puxa pelo corpo é que é preocupante", diz o futebolista natural de Lisboa e que já leva mais de duas décadas de uma carreira dividida entre Portugal, Espanha, Inglaterra e Chipre.

“O campeonato da II Liga vai ser muito difícil e exigente. Vamos cumprir 42 jogos a um ritmo frenético. Vamos enfrentar semanas com dois jogos. Ora isso exige um plantel extenso e bastante experiente. Daí o clube estar a contratar diversos elementos com rodagem de II Liga e mesmo da I Liga. A experiência será fundamental", considera o médio do Cova da Piedade, que ajudou a equipa almadense ao segundo escalão nacional.

Experiência é coisa que não falta a Silas. Atuou, nas duas últimas décadas, alternadamente nas I e II Ligas. Clubes como o Belenenses, Atlético, União de Leiria e Marítimo contaram, em temporadas precedentes, com o seu contributo.

"Sinto-me bem no Cova da Piedade. O clube está motivado com a subida à II Liga e está a criar uma estrutura que possa permitir a manutenção sem grandes calafrios”, adiantou o médio, futebolista dotado de excelente técnica de passe e visão de jogo.

Silas acredita que a cidade de Almada saberá apoiar o Cova da Piedade na sua nova aventura na II Liga profissional. "Penso que a valorização é recíproca. A cidade de Almada precisa de um Cova da Piedade consistente nas competições profissionais e o clube também necessita do apoio das entidades e pessoas de Almada. Todos terão a ganhar com esta empatia", concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.