O português Jorge Costa é o novo selecionador de futebol da Guiné Equatorial, substituindo o francês Sébastien Migné, anunciou esta quinta-feira a Federação Nacional (Feguifut).

O ex-jogador da seleção portuguesa, de 48 anos, que já foi selecionador do Gabão entre 2014 e 2016, terá a missão de levar a Guiné Equatorial à Taça das Nações Africanas (CAN2021), a ser disputado no próximo ano nos Camarões.

O primeiro jogo de Jorge Costa como selecionador da seleção africana será o amigável marcado para 12 de outubro contra Gana, na Turquia.

O seu antecessor, Sébastien Migné, tinha sido contratado em novembro de 2019, mas foi demitido em abril de 2020.

A Guiné Equatorial já disputou duas vezes a fase final do CAN como país organizador, sendo a anfitrião juntamente com o Gabão em 2012 e sozinha em 2015. Há cinco anos, chegou às semifinais do torneio continental, onde foi derrotado por Gana.

Jorge Costa, que já orientou a seleção do Gabão, entre 2014 e 2016, conta com passagens pelo Sporting de Braga, Olhanense, Académica, Cluj (Roménia), Limassol e Anorthosis (Chipre), Paços de Ferreira, CS Sfaxien (Tunísia), Arouca e Tours (França).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.