Abel Ferreira sabe que terá de adotar uma postura mais pacífica e passiva no banco de suplentes, na madrugada desta quarta-feira, quando o seu Palmeiras receber o River Plate, na segunda-mão das meias-finais da Taça Libertadores.

O técnico português do 'Verdão' está em risco de falhar a final, caso a equipa se apure, se voltar a ser admoestado com cartão amarelo.

Abel Ferreira viu um cartão amarelo frente aos argentinos na primeira mão, ao protestar uma decisão do árbitro aos 82 minutos. Antes tinha visto outro amarelo, nos quartos de final, frente ao Libertad, do Paraguai, realizado a 16 de dezembro.

Um terceiro amarelo esta madrugada irá tirar o português da final, caso a sua equipa consiga o passaporte.

O treinador de 42 anos está perto de fazer história e apurar o Palmeiras para a final da competição de clubes mais importante da América Latina. O Palmeiras joga em casa, depois de ter vencido fora por 3-0, pelo que está em grandes condições de marcar presença na final da prova, ganha na época passada por Jorge Jesus, pelo Flamengo.

A final da Taça Libertadores está marcada para o dia 30 de janeiro, no Rio de Janeiro, no Maracanã.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.