O Flamengo colocou de quarentena seis dos seus futebolistas por estarem infetados com o novo coronavírus e recebeu a confirmação de que o jogo contra o Barcelona, do Equador, para a Taça Libertadores, se vai realizar.

A equipa do Rio de Janeiro encontra-se no Equador desde a passada quinta-feira, por causa dos jogos da Taça Libertadores frente ao Independiente del Valle, no qual foi surpreendentemente goleado por 5-0, e frente ao Barcelona Sporting Club, marcado para terça-feira à noite.

Na sua conta no ‘twitter', o clube não identificou os jogadores infetados, mas revelou que estes não apresentavam quaisquer sintomas, mas um deles, o médio Diego, rebateu essa informação ao afirmar através de um vídeo publicado numa rede social que sentia dores de garganta e que era um dos casos positivos do plantel.

"Estou bem, tanto quanto possível. Eu sei que me exponho ao sair de casa para fazer meu trabalho, mas é um momento muito desagradável", desabafou o antigo centrocampista do FC Porto.

Entretanto, a Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) confirmou que a partida da fase de grupos vai mesmo disputar-se, estando o Flamengo autorizado a substituir os jogadores infetados por outros que integram uma lista que o clube fez chegar àquele organismo antes do início do torneio, que recomeçou a semana passada após uma paralisação de seis meses.

A imprensa brasileira noticiou hoje que o Flamengo estava a preparar um voo de última hora para transportar quatro jogadores para a partida que se vai realizar em Guayaquil.

Além dos seis jogadores com resultado positivo, o Flamengo também não contará com o goleador Gabriel Barbosa, o extremo Pedro Rocha e o guarda-redes Diego Alves devido a lesões, além do central Gustavo Henrique, suspenso depois de ter sido expulso na partida contra o Independiente Del Valle.

De acordo com o protocolo médico da CONMEBOL, as equipas devem enviar a sua lista de jogadores convocados cinco dias antes de cada partida, sendo as temperaturas medidas antes do início de cada jogo.

O Independiente Del Valle lidera o Grupo A após três partidas com nove pontos, seguido pelo Flamengo com seis, pelo Junior Barranquilla, da Colômbia, com três, e do próximo adversário do Flamengo, o Barcelona Sporting Club, do Equador, com zero.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.