Foi um momento caricato durante o prolongamento do jogo entre Portugal e Polónia, dos quartos de final do Euro2016, realizado ontem, em Marselha, e que terminou com a passagem da seleção às meias finais após grandes penalidades. Um adepto, que depois se descobriu ter a nacionalidade suíça, conseguiu furar a barreira de segurança entrar em campo durante o jogo.

O adepto, fã da seleção portuguesa, queria um abraço de Ronaldo mas não conseguiu levar adiante as suas intenções.

Antes de se aproximar de CR7, foi abalroado pelos seguranças que o perseguiam. Acabou por ser retirado do relvado sem o tal abraço.

Antes, em Paris, após o apito final do encontro da fase de grupos entre Portugal e Áustria (0-0), um adepto já tinha invadido o campo para tirar uma 'selfie' com Cristiano Ronaldo, ao que o internacional português cedeu, pedindo aos segurança da UEFA para não levaram o rapaz de imediato. O organismo que tutela o futebol europeu instaurou um inquérito ao caso, mas, entretanto, o processo à equipa das 'quinas' foi arquivado.

Veja a nossa galeria com estas duas invasões nos jogos de Portugal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.