"O nosso principal objectivo, sempre que nos juntamos, é permitir que estes jogadores evoluam num quadro de exigência máxima, de elite. O nosso trabalho visa, sobretudo, a aquisição máxima de conhecimentos e técnicas por parte destes jogadores, para que, no futuro, saibam encarar as dificuldades", explicou, em declarações ao "site" da Federação Portuguesa de Futebol.

Apesar da proximidade do Torneio Internacional do Algarve, de 13 a 16 de Fevereiro, com as selecções de França, Inglaterra e Ucrânia, Rui Bento afiança que este estágio no Complexo Desportivo do Jamor integra "um quadro de actuação mais abrangente do que preparar unicamente esta competição".
"Queremos preparar os jogadores para o futuro, contribuir para o seu desenvolvimento pleno. É lógico que perspectivamos todas as competições em que estamos envolvidos e se pudermos estabelecer um trajecto paralelo de evolução e vitórias, tanto melhor, até porque é importante que a equipa se sinta recompensada pelo esforço", justificou.

A concluir, reforçou a importância do tónico dos triunfos: "Um trajecto feito de vitórias, boas prestações e desempenhos é mais motivante e mostra aos jogadores que estão no caminho certo, mas não podemos esquecer a sua evolução".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.