O futebolista português William Carvalho, do Sporting, manifestou-se hoje “muito grato” por ter sido eleito pela UEFA o melhor jogador do Europeu de sub-21, destacando que sempre deu “tudo em prol do coletivo”.

“Fico muito grato por ter recebido o prémio individual porque sempre dei tudo em prol do coletivo e o individual veio ao de cima. Claro que estou muito contente por ter recebido este prémio”, afirmou, em declaração publicada na página Internet da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Para William Carvalho, apesar de a seleção de sub-21 não ter alcançado o seu “grande objetivo”, a campanha que fizeram por “muito positiva”.

“Todos os jogadores saíram valorizados e a nossa seleção demonstrou que, no futuro, a equipa A tem jogadores de grande nível para poder representar o país. Significa que os clubes podem apostar mais nos jogadores portugueses porque demonstrámos que Portugal tem talento e tem futuro”, disse.

Atualmente com 23 anos, William Carvalho foi ‘totalista’ nos cinco jogos de Portugal na fase final, disputada na República Checa, na qual a equipa lusa perdeu no jogo decisivo com a Suécia, no desempate por grandes penalidades, por 4-3.

O médio português, que tem 13 internacionalizações 'AA', fechou com chave de ouro - pelo menos a nível individual -, uma época em que também foi um elemento preponderante no seu clube, que conquistou a Taça de Portugal, tendo disputado nesta época 42 jogos (30 no campeonato, seis na Liga dos Campeões, cinco na Taça de Portugal e um na Liga Europa).

William Carvalho é o segundo jogador luso a ser eleito o melhor da fase final do Europeu de sub-21, sucedendo a Luís Figo, vencedor em 1994, apesar de Portugal não ter conquistado a prova, ao perder na final com a Itália, vencedora por 1-0 com um ‘golo de ouro’ de Pierluigi Orlandini.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.