Líder destacadíssimo da Premier League, o Liverpool parece estar a perder algum fulgor e esta terça-feira disse adeus ao sonho de conquistar a Taça de Inglaterra, ao ver-se eliminado pelo Chelsea em Stamford Bridge. Golos de William e de Ross Barkley, um em cada parte, ditaram o triunfo dos 'blues'.

O Chelsea ganhou vantagem cedo no jogo, por intermédio de Willian, no seguimento de uma falha de Adrian, esta noite titular na baliza do Liverpool. Os pupilos de Jurgen Klopp reagiram, mas o outro guarda-redes, Kepa, brilhou a grande altura, chegando a fazer uma impressionante série de três defesas no espaço de poucos segundos ainda na primeira parte, e foi o Chelsea que voltou a marcar. Ross Barkley, no seguimento de uma excelente jogada individual, elevou para 2-0 a meio do segundo tempo e o Liverpool não mais foi capaz de voltar ao jogo.

O Liverpool até entrou melhor no encontro. Logo aos três minutos, Mane recebeu a bola ao segundo poste, matou no peito, mas rematou à figura de Kepa. O Chelsea, porém, começou aos poucos a encontrar-se e Pedro deixou um primeiro aviso, antes de William abrir mesmo o ativo para os da casa. Fabinho perdeu a bola junto à meia lua, Willian rematou e o esférico até parecia ir na direção de Adrian, mas este deixou-o escapar para o fundo das redes.

Os visitantes responderam aos 20 minutos, mas Kepa foi gigante. De regresso à baliza do Chelsea, o espanhol brilhou a grande altura com três defesas fantásticas a remates sucessivos, à queima-roupa, de Mané, Origi e Jones. À passagem da meia hora, mais uma excelente intervenção de Kepa impediu Mané de empatar e o intervalo chegou mesmo com o Chelsea em vantagem.

O segundo tempo começou sem grandes oportunidades de parte a parte, até que perto da hora de jogo Mount atirou à trave para o Chelsea, após cruzamento de Marcos Alonso. Um aviso para o 2-0, que surgiu pouco depois. Ross Barkley captou uma bola perdida a meio campo, correu na direção da grande área do Liverpool, chegou à meia lua e, com outras opções de passe, optou por rematar forte, sem hipóteses de defesa para Adrian.

O campeão europeu em título foi incapaz de reagir até ao final da partida e as melhores oportunidades até ao fim até pertenceram ao Chelsea. O Liverpool soma assim a sua terceira derrota em quatro jogos - a segunda consecutiva - depois dos desaires ante o Atlético de Madrid (para a primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões) e Watford (para a Premier League, que colocou fim à invencibilidade da equipa na prova).

Quanto ao Chelsea, de Frank Lampard, segue para os quartos de final da Taça de Inglaterra, onde também já está o Arsenal, que segunda-feira afastou o Portsmouth, para além de Newcastle e Sheffield United, que igualmente esta terça-feira afastaram West Brom e Reading, respetivamente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.