Muitos empates e algumas derrotas: Fim-de-semana de pouca sorte para os portugueses

Saiba tudo o que aconteceu com os portugueses nos principais campeonatos europeus.
Muitos empates e algumas derrotas: Fim-de-semana de pouca sorte para os portugueses
A desilusão de Ronaldo no empate da Juventus com o Sassuolo AFP or licensors

Terminado o fim-de-semana é hora de fazer o balanço à prestação dos portugueses nos principais campeonatos europeus de futebol. A verdade é que os lusitanos já tiveram dias melhores: Ronaldo marcou no encontro da Juventus com o Sassuolo, mas não impediu o empate. O Manchester City de Bernardo Silva também empatou, já o Atlético de Madrid de João Félix perdeu frente ao Barcelona.

Premier League

Em Inglaterra, o Manchester City, com Bernardo Silva a entrar na segunda parte e João Cancelo no banco, voltou a perder pontos na Liga inglesa de futebol, ao empatar com o Newcastle, e ficou a 11 pontos do líder Liverpool.

Foi um autêntico ‘balde de água fria’ para o bicampeão em título, que tem dois empates e três derrotas e está a apenas um desaire de igualar todos os pontos que perdeu em toda a última época na Liga e quando ainda nem chegou a metade da competição.

No jogo de sábado em St. James Park, Guardiola deixou Bernardo Silva no banco, com o internacional português a entrar aos 69 minutos para o lugar do argelino Riyad Mahrez.

No mesmo dia, José Mourinho viu o Tottenham voltar a ter três golos de vantagem e permitir ao adversário reduzir para a diferença mínima, vencendo desta feita o Bournemouth (3-2).

Já no domingo, o Wolverhampton, de Nuno Espírito Santo, não conseguiu bater o Sheffield United, equipa proveniente do ‘Championship’, ao empatar em casa a 1-1, num jogo em que até esteve a perder.

Com os portugueses Rui Patrício, João Moutinho, Rúben Neves e Diogo Jota a titulares, e Pedro Neto e Rúben Vinagre no banco, os ‘wolves’ estiveram em desvantagem em mais de metade do jogo, depois de Mousset marcar logo aos dois minutos para o Sheffield.

Já a vida de Marco Silva no Everton está cada vez mais difícil. Apesar de o técnico português ter recebido um voto de confiança da direção a meio da semana, os pontos tardam em aparecer e os 'toffees' continuam perto dos lugares de descida. Este domingo, o Everton perdeu frente ao surpreendente Leicester por 2-1 no King Power Stadium , com o golo da derrota a surgir aos 94 minutos.

O lateral-direito Ricardo Pereira foi decisivo no lance, ao colocar a bola a deslizar entre os centrais e para a corrida de Iheanacho, que trocou as voltas aos defesas e rematou para o segundo golo do Leicester, aos 90+4.

La Liga

Em Espanha, o Sevilha subiu provisoriamente ao segundo lugar da liga espanhola de futebol, ao vencer em casa o Leganés, por 1-0, em jogo da 15.ª jornada.

Sem vencer há cinco encontros, o Leganés, que teve Kevin Rodrigues em campo desde os cinco minutos, mantém-se no 20.º e último lugar, com apenas seis pontos. Já o Sevilha esteve no segundo lugar por pouco tempo, visto que o Real Madrid venceu em casa do Alavés e recuperou o lugar.

Já no domingo, um golo do inevitável Messi, aos 86 minutos, permitiu ao Barcelona vencer em casa do Atlético de Madrid por 1-0, igualando o Real Madrid no comando.

Num encontro que contou com João Félix no Atlético até aos 66 minutos, as oportunidades de golo multiplicaram-se para os dois lados, mas foi só na reta final, e numa arrancada do 'astro' argentino, que a partida ficou resolvida, tendo os catalães, campeões em título, arrecadado os três pontos.

Serie A

Em Itália, o português Cristiano Ronaldo voltou aos golos ao serviço da Juventus, mas não conseguiu impedir o empate caseiro frente ao Sassuolo (2-2), na 14.ª jornada da liga italiana de futebol.

Leonardo Bonucci colocou a equipa de Turim em vantagem, aos 20 minutos, mas Jeremie Boga (23) e Francesco Caputo (47) conseguiram a reviravolta para o Sassuolo.

Já depois de ter visto um golo ser-lhe anulado por fora de jogo, Ronaldo empatou a partida, aos 67 minutos, voltando aos golos pela Juventus, após quatro jogos em branco.

No mesmo dia, um golo do francês Theo Hernandez, aos 88 minutos, permitiu ao AC Milan vencer em casa do Parma, por 1-0, e regressar aos triunfos, após três jogos sem vencer.

O AC Milan, que teve Rafael Leão em campo a partir dos 64 minutos, subiu ao 11.º lugar, com 17 pontos, menos um do que o Parma (nono), que teve Bruno Alves a capitão.

Já a Roma venceu no terreno do Verona por 3-1, resultado que permite que a formação orientada pelo técnico português Paulo Fonseca suba ao quarto lugar da liga italiana de futebol, ao cabo de 14 jornadas.

A equipa da capital adiantou-se aos 17 minutos, através do avançado holandês Justin Kluivert na conclusão após passe de Lorenzo Pellegrini, mas o Verona chegou ao empate pouco depois, aos 21 minutos, através de Davide Faraoni.

Porém, em cima do apito para o intervalo, a Roma beneficiou de um penálti, convertido com sucesso por Diego Perotti, e fixou o marcador nos 2-1, que só viria a mexer no período de descontos (90+2), quando o arménio Henrikh Mkhitaryan marcou o terceiro dos romanos, confirmando a vitória da sua equipa. Miguel Veloso foi suplente não utilizado na equipa da casa.

Bundesliga

Na Alemanha, o Borussia Dortmund esteve em sofrimento, com a equipa, a jogar fora, reduzida a dez jogadores, após expulsão de Mats Hummels ao ‘fechar’ da primeira parte e ao travar em falta um adversário no contra-ataque.

Os golos aconteceram nos primeiros 45 minutos, com o Dortmund, que teve Rafael Guerreiro a titular, a ter uma vantagem de dois golos: Jadon Sancho, aos 15, e Thorgan Hazard, aos 17, antes de Darida reduzir para o Hertha, aos 34.

A 13.ª jornada prossegue ainda esta segunda-feira, quando o Mainz receber o Eintracht Frankfurt, dos internacionais portugueses André Silva e Gonçalo Paciência.

Ligue 1

Em França, um golo do sérvio Nemanja Radonjic, aos 89 minutos, permitiu, na sexta-feira, ao Marselha assegurar o triunfo sobre o Brest, por 2-1, e consolidar o segundo lugar da Liga francesa de futebol, no jogo que abriu a 15.ª jornada.

Já no sábado, o Bordéus de Paulo Sousa sofreu, já no tempo extra, o empate 1-1 em casa do Reims, desperdiçando a oportunidade de se isolar no terceiro lugar. Os ‘girondinos’ adiantaram-se com golo do jovem avançado nigeriano Josh Maja (27) e a posterior expulsão do togolês Romao (72) parecia decidir o encontro, contudo, Boulaye Dia igualou aos 90+3.

No mesmo dia, o Montpellier, de Pedro Mendes, ganhou por 4-2 ao Amiens, que ficou reduzido a 10 aos 53 minutos, quando o resultado marcava 1-1.

Enquanto o Lille de José Fonte, Renato Sanches e Xeka, com Tiago Djaló no banco, recebeu o Dijon, superiorizando-se por tangencial 1-0, partilhando o sexto lugar com Lyon e Saint-Etiénne, com 22 pontos. Já o Lyon de Anthony Lopes começou a perder em Estrasburgo, mas deu a volta e impôs-se por 2-1.

Outros campeonatos

Na Grécia, o Olympiacos de Pedro Martins e o PAOK de Abel Ferreira empataram este domingo 1-1, mantendo-se 'colados' no comando do campeonato grego de futebol, à 12.ª jornada.

Com Vieirinha no banco, os forasteiros adiantaram-se no marcador aos 29 minutos, na sequência de um livre, com o central islandês Sverrir Ingi Ingason a recarregar vitoriosamente uma defesa incompleta a um cabeceamento seu.

A igualdade surgiu somente no segundo tempo, em penálti convertido pelo francês Valbuena, aos 64.

José Sá, Ruben Semedo e Daniel Podence foram titulares no Olympiacos, que atravessa uma fase de menor fulgor, pois venceu apenas um dos últimos cinco jogos nas várias competições.

Na Ucrânia, o Shakhtar Donetsk, de Luís Castro, já apurado para a fase de apuramento de campeão, sofreu o segundo empate no campeonato ucraniano de futebol, competição que continua a liderar destacado.

O Shakhtar adiantou-se no marcador, de grande penalidade, apontada por Taison, aos 15 minutos, mas o Mariupol igualou no início da segunda parte, por Putria, aos 49, um resultado que se manteve até ao final.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Veja também

 
 

Comentários

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.