A direção do 1.º de Agosto anunciou hoje a saída do treinador português Paulo Duarte do comando técnico da equipa de futebol, a três meses para o término do vínculo contratual com o técnico.

Para o lugar de Paulo Duarte foi chamado o técnico-adjunto Felipe Nzanza, que assume o comando, segundo o comunicado que não avançou as razões que estão na base da rescisão contratual.

Contactada pela agência Lusa, a direção do clube prometeu esclarecer os factos ao depois da reunião de direção agendada para as próximas 48 horas.

O treinador já tinha confirmado que iria assumir o comando da seleção do Togo a partir de setembro, o que não foi bem aceite, juntando-se também os maus resultados nas últimas jornadas.

Sendo assim, o técnico, de 52 anos de idade, deverá seguir para Lomé, capital do Togo, para o compromisso assumido.

Contratado em setembro de 2020 pelos angolanos do 1.º de Agosto, por um ano e mais um opcional, Duarte deixa a equipa na terceira posição, com 51 pontos, em 25 jogos disputados, quinze vitórias, seis empates e quatro derrotas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.