Com bis de Mabululu e um golo de Ary Papel, o 1.º de Agosto compensou os três pontos perdidos na secretaria, fruto da vitória esta noite frente ao Progresso do Sambizanga, por 3-0, em jogo da 21.ª jornada d

Os golos de Mabululo aconteceram aos 18 e 30 minutos, ao passo que Ary Papel marcou aos 60, assim sendo o clube militar mantém-se no 1.º posto com os anteriores com 44 pontos, apesar de o conselho nacional de disciplina da FAF lhe retirar 3 pontos, por falta de verdade desportiva no resultado frente ao Desportivo da Huíla (3-3), na 17.ª ronda.

Durante o duelo, a turma do RI20, mesmo a jogar na condição de visitante, era o mais solto no ataque.

Fruto disso, logo aos quatro minutos o atacante Kila após receber um passe de rotura quase abriu o marcador, mas desequilibrou-se, e acabou queixoso no relvado.

Os rubro-negros mantinham o pendor ofensivo, já os sambilas até conseguiam evitar que os ataques contrários terminassem com êxito, mas apresentavam-se sem criatividade para ripostar.

Já aos 18 minutos, o progresso foi infeliz, quando o mesmo Kila, já próximo da área oposta, chutou forte para defesa incompleta de Nelson e na recarga Mabululo abre o marcador(1-0).

Momentos a seguir, o mesmo Mabululo bisou aos 30 minutos, ao complementar um livre cobrado por Isaac, com golpe de cabeça (2-0), este resultado registou-se até ao intervalo.

No reatamento, a toada manteve-se, aos 47 minutos o Progresso ficou reduzido, Chiló teve comportamento irregular e o árbitro Paulo Sérgio o sancionou com a cartolina vermelha (directo).

Apesar da desvatagem,o Progresso procurava surpreender o rival, dai que aos 50 minutos, o médio Joãozinho por pouco teria reduzido a desvantagem com um remate de muito longe, mas Neblu esteve atento e executou uma defesa apertada.

O mesmo Joãozinho tornou a visar a baliza adversária na sequência que obrigou Neblu a recorrer a defesa incompleta para evitar o pior.

Já na recta final , a turma do Sambizanga parecia sem coordenação na defesa o que facilitou Ary Papel a ampliar a vantagem “agostina” para 3-0, com um remate colocado de fora de área.

Após este período, Yano ainda tentou reduzir o desaire numa clara “bandeja”, mas, após amortecer a bola com o peito rematou a figura de Neblu. O resultado (0-3) registou-se até ao tempo regulamentar (90 minutos).

Com este resultado, os rubro-negros ficam com os mesmos 44 pontos, ao passo que o Progresso do Sambizanga ocupa provisoriamente a sexta posição com 28 pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.