Ao vencer hoje o Desportivo Jakson Garcia de Benguela, por 3-1, na 5ª jornada e última da I volta da série B do torneio de apuramento ao próximo Girabola, o Petro do Huambo manteve-se invencível em casa, juntando-se ao Benfica do Lubango na liderança (9 pontos).

Diante do último da série, os “alvinegros” entraram pressionantes e dominadores, com ataques rápidos e sucessivos cruzamentos de longa distância para a baliza contrária, porém sem criarem muito perigo.

Apesar disto, os anfitriões mantiveram o ímpeto ofensivo ante um adversário que tardava em impor o seu futebol e ia consentindo a supremacia petrolífera. O golo inaugural surgiu somente no declinar da primeira parte, por Deco (45’) ao concluir de cabeça cruzamento de Gildo.

Na etapa complementar, o Jakson Garcia, na única situação de perigo criada, restabeleceu a igualdade três minutos depois do recomeço (48'), por Nelson. A bola ainda desviou por um defesa “alvinegro”.

Pensava-se que o golo podia espevitar a equipa visitante, mas foi novamente o Petro do Huambo a tomar iniciativa, remetendo o adversário ao seu meio campo. Fruto deste ascendente, os donos de casa desperdiçaram aos 55’, 57'e 60', por Deco, Gildo e Zinho situações claras para ampliarem o marcador.

O segundo golo do Petro viria a acontecer aos 66', por Deco, que aproveitou uma má reposição da bola feita pelo guarda-redes contrário. A partir daí, os anfitriões acentuaram as ações atacantes em busca do golo da tranquilidade, que apenas surgiu depois do tempo regulamentar (90+5), por Nilton, de livre direto.

Antes do 3-1, Gudi, Deco, Didi e Nilton já haviam desperdiçado situações claras de golo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.