O Progresso do Sambizanga perdeu este sábado, em Luanda, diante do Petro de Luanda, por 0-2, em partida referente à 13ª jornada do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão (Girabola2016), disputada no Estádio da Cidadela.

O 'dérbi' foi equilibrado, com as duas equipas a pautarem as suas ações, principalmente no meio-campo, com algumas dificuldades em atingirem os redutos defensivos, chegando-se ao intervalo com o resultado em branco. Os golos da contenda foram marcados por Wilson e Giresse, aos 62 e 88 minutos.

O Progresso, por intermédio de Yano, aos 28 minutos, foi o protagonista do primeiro momento de perigo do jogo, rematando fora da área, mas Gelson defendeu a bola com alguma dificuldade.

Volvidos 38 minutos, os sambilas voltaram a demonstrar o engodo ofensivo, quando Silva tirou Mabiná do caminho e este cometeu uma falta com direito a cartão amarelo por parte do árbitro. Em resposta, Diógenes cabeceou forte pelos petrolíferos, mas sem o resultado esperado.

Desta feita, sem a violação de ambas as redes, as equipas foram para os balneários. No reatar do encontro, o Progresso e o Petro demonstraram o mesmo ritmo de jogo, com maior ascendente dos visitantes.

Decorridos 62 minutos, Wilson marcou o primeiro golo da formação petrolífera. Apesar disso, o Progresso, sem desânimo, procurava empatar e posteriormente desempatar, mas sem atingir o seu propósito.

Para o entristecimento da equipa caseira e dos seus adeptos, Girese ampliou aos 88 minutos o resultado, que se manteve até ao apito final.

Com este resultado, o Progresso mantém-se na oitava posição, com 17 pontos, enquanto o Petro soma 24 e sobe, provisoriamente, para à segunda posição da tabela classificativa do Girabola.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.