O México e o Haiti qualificaram-se no sábado para as meias-finais a edição 2019 da Gold Cup da CONCACAF (Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caraíbas), ao baterem Costa Rica e Canadá, respetivamente.

Em Houston, nos Estados Unidos, os mexicanos superaram os costa-riquenhos no desempate por grandes penalidades (5-4), depois de 1-1 nos 120 minutos, e o Haiti bateu o Canadá por 3-2, depois de ter estado a perder por 2-0.

O ex-benfiquista Raul Jiménez colocou o México na frente, aos 44 minutos, mas, no início da segunda parte, aos 52, o ex-‘leão’ Brian Ruiz restabeleceu a igualdade, de penálti.

Até final, prolongamento incluído, o resultado não se alterou e, nos penáltis, Jiménez desperdiçou logo o primeiro pontapé dos mexicanos, mas estes não voltaram a falhar e a Costa Rica caiu quando Guillermo Ochoa parou o pontapé de Keysher Fuller.

No outro encontro, os canadianos começaram melhor e chegaram ao intervalo a vencer por 2-0, com tentos de Jonathan David, aos 18 minutos, e Lucas Cavallini, aos 28.

Após o intervalo, o Haiti conseguiu, porém, ripostar e deu a volta ao resultado, por intermédio de Duncken Nazon, aos 50 minutos, Herve Bazile, aos 70, de grande penalidade, e Wilde-Donald Guerrier, aos 76.

México e Haiti vão defrontar-se nas meias-finais na terça-feira.

A outra meia-final será entre os vencedores dos embates de hoje Jamaica-Panamá e Estados Unidos-Curaçao, em Filadélfia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.