A polícia de choque utilizou gás lacrimogéneo para dispersar os adeptos do PAOK que este segunda-feira se juntaram para celebrar o 94.º aniversário do clube, apesar do confinamento devido ao coronavírus.

Mais de 200 fãs do PAOK violaram a proibição de agrupamentos de pessoas devido ao surto de COVID-19 no país e estiverem no exterior do Estádio Toumba.

Segundo os media locais pelo menos um adeptos foi detido e vários foram multados devido aos confrontos.

Os oficiais do governo helénico anunciaram esta segunda-feira que foram detetados 2.245 casos de COVID-19 na Grécia, registando ainda 116 mortos e uma proibição de atividades desportivas foi decretada até 27 de abril.

Esta segunda-feira, o Ministro Grego dos Desportos, Lefteris Avgenakis, disse acreditar que os clubes profissionais de futebol do país poderão retomar os treinos no próximo mês.

"Vamos esperar pelo conselho dos especialistas e, baseado nas suas instruções, vamos começar a abrir gradualmente as instalações desportivas", disse Avgenakis à televisão 'Mega'.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.