O Olympiacos, há várias jornadas campeão de futebol na Grécia, venceu hoje o AEK e ajudou o PAOK de Abel Ferreira a garantir o segundo lugar e uma vaga na Liga dos Campeões, no encerramento do campeonato.

A equipa de Pedro Martins, que teve José Sá a titular, Rúben Semedo e Cafu no banco, impôs-se com tentos do francês Valbuena, aos 10 minutos, do sérvio Lazar Ranđelović (21) e do guineense Mady Camara (73).

No primeiro, Valbuena rematou de primeira na área e no último Camara teve uma recarga fácil: destaque para o tento de Radelovic, que passou a bola por cima de um contrário e atirou cruzado para fora do alcance do guarda-redes.

Paulinho e André Simões foram titulares no AEK, enquanto Nelson Oliveira entrou aos 61.

O PAOK cedeu um empate caseiro (0-0) com o Aris Salonica, num encontro em que Vieirinha, que saltou do banco na segunda parte, foi expulso aos 90+5: os forasteiros alinharam com Hugo Sousa e Bruno Gama no ‘onze’ inicial.

O PAOK, que em 10 de julho recuperou, no Tribunal Arbitral do Desporto, os sete pontos que lhe foram retirados pela justiça desportiva grega, pelo facto do seu proprietário também deter o Xanthi, apresentou-se na ronda decisiva com três pontos de avanço sobre o AEK, terminando assim com quatro e garantindo o acesso à fase de qualificação da 'Champions'.

O Olympiacos concluiu o campeonato com 91, o PAOK com 73 e o AEK de Atenas com 69.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.