Cortadi, de 30 anos, denunciou o futebolista Cristian Tirone, defesa do Deportivo Garmense, na liga de Tres Arroyos (450 km ao sul de Buenos Aires) que a atacou após reagir a uma decisão, fazendo com que o jogo entre Deportivo Independencia e Garmense, no domingo, fosse suspenso e o agressor imediatamente detido.

Veja o momento

Além disso, o jogador de 34 anos foi expulso permanentemente por parte do clube.

"Caí e não me lembro de mais nada. Quando me levantei, estava tonta e com vontade de vomitar. Nunca havia acontecido nada parecido comigo", disse Cortadi, que precisou ser levada para o hospital, onde ficou em observação durante várias horas.

A agressão ocorreu durante a segunda parte, quando Cortadi mostrou um cartão amarelo a Tirone após cometer uma falta, ao qual o jogador reagiu indignado.

Nesse momento, a ábitra virou-se para advertir também o guarda-redes, e então Tirone desferiu um soco na nuca, derrubando Dalma.

A árbitra afirmou que "aqui não importa o género (...) Queremos que a justiça seja feita e que este homem pague pelo que fez. Isso é o importante", disse ao jornal desportivo Olé, a quem confirmou que apresentou uma denúncia na polícia.

"Infelizmente, um louco violento colocou-nos na mira em todo o país", disse o presidente da Liga Tres Arroyos, Ricardo Fernández, que também observou que esta liga tem arbitragem feminina há quatro anos e que Cortadi "é uma das árbitras mais experientes e com mais personalidade, com atuações muito boas".

O clube Deportivo Garmense suspendeu Tirone para sempre. "É um fato lamentável, dói muito. Foi tomada automaticamente a decisão de sancioná-lo, porque o que ele fez não tem classificação”, disse o presidente da entidade, José Luis del Río.

O dirigente destacou que Tirone havia chegado ao clube este ano, mas "não tinha histórico dessa magnitude, pelo menos não o víamos assim na instituição. Ninguém achava que ele iria acabar assim".

Tirone foi levado para uma unidade policial no âmbito do caso descrito como "lesões leves e infração à lei de eventos desportivos", à espera de uma investigação sobre os factos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.