Aurelio De Laurentiis, presidente do Nápoles, deu uma entrevista ao jornal francês 'L'Equipe', na qual não poupou nem nos elogios a Carlo Ancelotti, atual treinador do clube, nem nas críticas a Maurizio Sarri, o anterior técnico que se mudou para o Chelsea neste defeso.

"O Ancelotti é uma pessoa maravilhosa que se não estivesse no futebol seria igualmente bom em qualquer coisa que fizesse. É uma pessoa calma e equilibrada, uma qualidade rara nos dias que correm", elogiou Aurelio De Laurentiis.

Mas, quando questionado sobre Maurizio Sarri, o presidente do Napóles não foi brando. "Na última época tivemos o prazer de jogar bem mas não ganhámos nada. Demos-lhe tudo, mas a verdade é que não ganhámos nada nos últimos três anos", afirmou.

Maurizio Sarri não tardou a responder e afirmou que "De Laurentiis fala demasiado sobre mim, parece que tem saudades minhas... Eu não tenho saudades dele. É verdade que não ganhámos nada no Nápoles, mas estabelecemos um recorde de pontos no clube (91) e qualificámo-nos duas vezes para a Liga dos Campeões. O Nápoles devia ter orgulho nesses resultados, fizemos frente à Juventus nos últimos anos."

Aos 59 anos, o treinador italiano já passou por clubes como Cavriglia, Valdema, Sansovino, Alessandria e Empoli, antes de chegar ao Nápoles, e agora ao Chelsea - o primeiro clube que treino fora de Itália. No entanto, no currículo o técnico conta apenas com troféus pessoais, como o de melhor treinador da Serie A na temporada 2016/2017, quando o Nápoles terminou o campeonato em terceiro lugar - atrás da Juventus e da AS Roma.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.