Ronaldo Nazário recordou esta segunda-feira o famoso corte de cabelo que apresentou na reta final do Mundial de 2002, na Coreia do Sul e no Japão.

"Horrível. Peço desculpa a todas as mães que viram os seus filhos fazerem o mesmo corte de cabelo", admitiu o ex-avançado à 'Sports Illustrated'.

O 'Fenómeno' explicou ainda o motivo que o levou a optar por aquele penteado. Antes do jogo com a Turquia, Ronaldo contraiu uma lesão muscular que o deixava em dúvida para o encontro e, na véspera, recusou-se a falar com a imprensa brasileira.

"Decidi cortar o cabelo. Encontrei os meus colegas e perguntei-lhes se tinham gostado. Responderam todos 'não, é horrível, deixa-te disso!'. Mas os jornalistas viram o meu corte de cabelo e não falaram mais da lesão", afirmou.

A verdade é que Ronaldo recuperou da lesão e acabou mesmo por marcar o golo que levou o Brasil à final do Campeonato do Mundo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.