Na segunda partida na International Champions Cup, o Real Madrid venceu o Manchester City por 4-1. O encontro decorreu em Melbourne, na Austrália.

Os sinais da equipa de Rafa Benítez começam a ser positivos e o Real Madrid já se apresentou em grande forma nesta altura da pré-temporada. O comando da partida pertenceu praticamente desde o primeiro minuto à equipa espanhola, sendo que as duas formações proporcionaram um ótimo espetáculo, perante um ambiente fantástico, com um estádio lotado com 100 mil espetadores nas bancadas.

O encontro começou equilibrado e só pendeu para o lado do Real aos 21 minutos, altura em que Benzema inaugurou o marcador. Após um cruzamento de Gareth Bale, o francês num remate à meia volta fez o primeiro da partida.

À passagem dos 25 minutos, CR7 fez o segundo dos merengues aos 25 minutos, depois de uma assistência magistral de Kroos. Frente a Hart e com muita calma, CR7 colocou a bola no fundo das redes, estreando-se a marcar na pré-época.

Aos 43 minutos, foi a vez de Pepe "molhar a sopa", com um cabeceamento fulminante, após um canto de Isco. Ainda antes do intervalo, o City reduziu. Depois de uma infantilidade de Sergio Ramos, que cortou a bola com a mão, Touré na transformação de uma grande penalidade fez o 3-1 (47 minutos).

Na segunda parte, destaque para a entrada do ex-portista Danilo, que se estreou com a camisola do Real Madrid.

Aos 59 minutos, Ronaldo quase abriu o livro: Depois um passe de Bale, CR7 numa 'bicicleta' perante Hart, picou de seguida a bola sobre o guardião, com esta quase a entrar na baliza.

Aos 73 minutos, Cherysev, após um passe de Isco, estabeleceu o resultado final em 4-1.

De salientar a grande qualidade de jogo do Real Madrid, tanto a nível defensivo, como ofensivo. O City ficou aquém das espectativas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.