O Chelsea voltou a abordar Pep Guardiola no sentido de o convencer a treinar o clube londrino já na próxima temporada. Mas o proprietário dos "Blues" voltou a ouvir a mesma resposta negativa.
O multimilionário russo terá prometido a Guardiola a contratação de Lionel Messi e um cheque em branco, avança, esta segunda-feira, o jornal digital "El confidencial".
A contratação de Lionel Messi ao Barcelona custaria ao Chelsea 250 milhões de euros, valor da cláusula de rescisão do avançado argentino, mais do dobro que o Real Madrid pagou por Cristiano Ronaldo.
No total, estima-se que o custo destas duas operações superaria os 400 milhões de euros, sendo esta quantia quase metade do que Abramovich já gastou (900 milhões de euros) desde que assumiu o controlo do clube, em 2003.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.