O Atlético Madrid anunciou hoje ter chegado a acordo com o Benfica para a contratação do guarda-redes esloveno Jan Oblak, no sítio oficial dos campeões espanhóis de futebol na Internet.

“O Atlético Madrid e o Benfica alcançaram um acordo para a transferência de Jan Oblak para o nosso clube, dependente de reconhecimento médico e posterior assinatura de contrato por parte do jogador. O guarda-redes esloveno vai comprometer-se para as próximas seis temporadas”, lê-se no sítio dos “colchoneros”.

Oblak, de 21 anos, foi contratado pelo Benfica ao Olimpija Ljubljana no início da temporada de 2010/11, mas apenas chegou à equipa principal e à titularidade da baliza “encarnada” na época passada, depois de empréstimos sucessivos a Beira-Mar, Olhanense, União de Leiria e Rio Ave.

O Atlético Madrid, campeão espanhol e vice-campeão europeu, destaca Oblak como “um dos guarda-redes com maior projeção no panorama internacional”, considerando o internacional esloveno como “fiável e sóbrio”.

O diretor desportivo do Atlético Madrid, José Luis Pérez Caminero, assumiu a sua satisfação com a contratação de Oblak.

“É um guarda-redes com muita qualidade e muito futuro, que nos vai beneficiar imenso com as suas qualidades. É um dos guarda-redes com maior projeção no Mundo e estamos muito contentes por poder contar com ele. É uma grande notícia para o nosso clube”, afirmou Caminero, citado pelo Atlético Madrid.

Na segunda-feira, Jan Oblak assumiu ter sido o próprio a “querer sair” do Benfica, porque “sempre sonhou” em jogar na Liga espanhola de futebol, um desafio que “queria agarrar”.

“Fui eu que quis sair para o Atlético Madrid. Desde miúdo que sempre sonhei jogar na Liga espanhola, que é melhor que a portuguesa. Este era um novo desafio que queria agarrar. O Benfica queria que continuasse e o presidente tudo fez para que não saísse, mas a minha vontade era assinar pelo Atlético Madrid”, disse Oblak, em entrevista ao jornal A Bola, reconhecendo que a passagem pela Luz foi “marcante” para o seu crescimento “a todos os níveis”.

Sem revelar os montantes que vai auferir em Madrid, Oblak reconheceu que as condições financeiras do contrato que assinou são “muito melhores” do que as que tinha no Benfica, mas negou que tenha sido essa a razão que o levou a sair da Luz.

De resto, o guardião esloveno aproveitou para agradecer ao Benfica a ajuda que recebeu e garante que “nunca esquecerá” os anos que esteve ligado do clube "encarnado", os quais foram “importantes" para o seu crescimento enquanto jogador.

Oblak não compareceu no dia em que devia se ter apresentado aos treinos no Benfica para a nova época, sem justificar essa ausência, mas as notícias da sua iminente transferência para o Atlético de Madrid já corriam e davam conta de que o clube espanhol estaria disposto a pagar o valor da cláusula de rescisão, de 16 milhões de euros, para o contratar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.