O FC Barcelona arrancou hoje a participação na liga espanhola de futebol com uma goleada ao Villarreal, por 4-0, com Ansu Fati a ‘bisar' na partida da terceira jornada, que marcou a estreia de Francisco Trincão pelos catalães.

Fati, de 17 anos, foi aposta inicial do técnico - e também estreante - Ronald Koeman, marcando os dois primeiros golos dos ‘blaugrana', aos 15 e 19 minutos, e sofrendo a grande penalidade que Lionel Messi converteu no terceiro tento, aos 35.

A goleada do ‘Barça' foi consumada em cima do intervalo, numa infelicidade de Pau Torres, que desviou a bola para a própria baliza, aos 45 minutos.

O mais recente internacional português, Francisco Trincão, contratado esta época ao Sporting de Braga, começou a partida no banco de suplentes do FC Barcelona e foi ‘lançado’ por Koeman aos 78 minutos, ainda a tempo de mostrar bons pormenores, inclusive obrigando o guardião Sergio Asenjo a defesa apertada.

Também o Atlético de Madrid se estreou com uma goleada, por 6-1, sobre o Granada, com Diego Costa a adiantar os anfitriões, aos nove minutos, antes de o internacional português João Félix conquistar uma grande penalidade, que Saul Ñíguez desperdiçou, à passagem do quarto de hora.

No segundo tempo, Félix assistiu Angel Correa para o segundo tento dos madrilenos, aos 48 minutos, e aumentou ele próprio a contagem, aos 65, na sequência de uma brilhante iniciativa individual, sendo, pouco depois, substituído por Marcos Llorente, que dilatou a vantagem aos 72, após passe do também recém-entrado Luís Suárez.

O mais recente reforço dos 'colchoneros', proveniente do FC Barcelona, não poderia almejar melhor estreia, conseguindo marcar por duas vezes, aos 85 e 90+4 minutos, sendo que, perto do final, aos 87, Jorge Molina fez o tento do Granada, que contou com Rui Silva e Domingos Duarte entre os titulares.

Na semana em que perdeu a Supertaça Europeia para o Bayern de Munique, o Sevilha entrou a vencer no campeonato, na visita ao Cádiz, por 3-1, mas apenas conseguiu chegar ao triunfo nos derradeiros instantes, depois de Salvi Sánchez ter inaugurado o marcador para os recém-promovidos, aos 48 minutos.

O holandês Luuk de Jong, aos 65 minutos, repôs a igualdade, mas seria Munir El Haddadi a resolver o encontro, dando vantagem ao Sevilha, aos 90, e assistindo o croata Iván Rakitic para o terceiro tento dos andaluzes, aos 90+4.

Valladolid e Celta de Vigo empataram 1-1, com Iago Aspas a marcar para os galegos, aos 44 minutos, e Sergio Guardiola para o conjunto da casa, aos 66, de penálti.

O Athletic Bilbau, derrotado na ronda anterior, precisamente pelo Granada, conseguiu o primeiro triunfo na prova, por 2-1, no dérbi basco diante do Eibar, graças a um 'bis' de Unai López, aos 40 e 87 minutos.

Pelo meio, aos 48 minutos, Kike ainda repôs a igualdade para a formação da casa, que contou com os portugueses Paulo Oliveira e Kévin Rodrigues no 'onze'.

Também o Levante, com Rúben Vezo no centro da defesa, venceu pela primeira vez no campeonato, com uma reviravolta no terreno do Osasuna (3-1). Roberto Torres deu vantagem ao conjunto de Pamplona, aos 38 minutos, só que Gonzalo Melero, aos 41, Marti Roger, aos 77, e Jose Morales, aos 81, marcaram para os valencianos.

*Artigo atualizado às 22h12

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.