Em janeiro de 2007, Ronaldo Nazário deixava o Real Madrid, rumo ao AC Milan. Uma surpresa que apanhou de surpresa muitos adeptos do futebol. Quase dez anos depois, Fabio Capello, o responsável pela saída do Fenómeno dos merengues, explicou porquê deixou sair o brasileiro.

"Ronaldo foi para o Mundial da Coreia [na verdade, foi no Mundial2006, na Alemanha] com 94 quilos de peso e voltou com 96. Como ele não considerava isso um problema, entendi que seria altura de vendê-lo, porque não era um bom exemplo no balneário. A transferência ficou decidida e a verdade é que recuperámos nove pontos ao Barcelona e conquistámos o título", recordou Capello, numa entrevista concedida no âmbito do Globe Soccer Awards, no Dubai.

Apesar da decisão, o técnico italiano só tem palavras elogiosas para o Fenómeno.

"Ronaldo foi o melhor jogador que já treinei na minha carreira", completou.

Na época 2006/2007, Ronaldo "Fenómeno" fez apenas 13 jogos pelo Real Madrid, tendo apontado quatro golos. Na meia época que esteve no AC Milan, fez 14 jogos e marcou sete golos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.