Gerard Piqué admitiu que chorou quando Messi deixou o Barcelona no verão passado e acabou por assinar pelo PSG.

"Chorei quando Messi deixou Barcelona. Chorei por ele e pela carreira que tinha no Barça, teria sido maravilhoso se ele tivesse ficado no clube até ao final da carreira", afirmou o central no canal do Youtube 'The Overlap'.

Ainda assim, Piqué admitiu que compreende a decisão do jogador argentino.

"Consigo entender porque Messi não conseguiu renovar. O clube estava a sofrer bastante economicamente por causa do antigo presidente [Josep Maria Bartomeu] e da forma como ele geriu. Ao final de contas, estas coisas acontecem, às vezes tomas uma decisão e as coisas não correm como o esperado. Messi era como um Deus para Barcelona e os adeptos, teria sido magnífico se ele ficasse", atirou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.