O futebolista internacional brasileiro Renan Lodi regressou hoje aos treinos no Atlético de Madrid, em trabalho individual, depois de ter recuperado da infeção à covid-19, o que foi confirmado com a realização de dois testes negativos.

O defesa, que cumpre a sua primeira época nos ‘colchoneros’, acusou positivo à covid-19 em 06 de maio, razão pela qual esteve em quarentena, sem poder treinar ou interagir com os restantes elementos da equipa até hoje, dia em que regressou à cidade desportiva do clube.

Nos últimos dois dias, o jogador, de 22 anos, efetuou dois testes cujos resultados foram negativos, com o médico do clube, Óscar Celada, a referir que o defesa esteve sempre assintomático e que “é um caso confirmado de infeção resolvida”.

Os restantes jogadores do plantel do ‘Atleti’ treinaram divididos em grupos, numa sessão em que também esteve o internacional português João Félix, a trabalhar com Thomas Lemar, Angel Correa, Diego Costa, Koke e Vitolo.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França e dos Países Baixos foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede na Alemanha, Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 04 de junho.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 302 mil mortos e infetou mais de 4,4 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,5 milhões de doentes foram considerados curados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.