O defesa do Barcelona revelou que Guardiola esteve muito perto de treinar a seleção brasileira após a demissão de Mano Menezes, e isso só não aconteceu por decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

“Antes do Mundial, o Pep queria treinar a Seleção Brasileira e não quiseram. O Pep falou que queria fazer a gente campeão do mundo e tinha toda a estratégia e não quiseram. Falaram que não sabiam se o Brasil iria aceitar. Se não aceitamos o melhor do mundo, que pode nos fazer melhores, você não se preocupa com a Seleção Brasileira”, declarou o jogador ao canal ESPN Brasil.

O internacional brasileiro considera Guardiola “o melhor treinador do mundo, alguém que revolucionou o futebol”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.