Segunda-feira difícil para David Silva, num dia que prometia ficar na história da Real Sociedad e do próprio jogador. O craque espanhol foi apresentado como reforço do emblema basco esta manhã, onde chegou a custo zero, depois de terminar o seu contrato com o Manchester City.

À tarde, o criativo de 34 anos descobriu que está infetado com o virus da COVID-19, depois de ter realizado os testes PCR logo pela manhã.

Em comunicado, a Real Sociedad garante que "este é o segundo teste que o novo jogador realiza nas últimas 72 horas, o primeiro dos quais decorreu sexta-feira, em Las Palmas, na Gran Canaria, e o resultado foi negativo. [...] Esta manhã foi realizado o segundo teste, conforme indicado no protocolo de retorno à atividade, sendo o resultado positivo".

A Real Sociedad esclarece que "durante estas primeiras horas em San Sebastián David Silva não teve oportunidade de ir a Zubieta nem saudar os seus novos colegas".

O esquerdino de 34 anos está assintomático e isolado, devendo agora cumprir 14 dias de quarentena.

O jogador chegou a San Sebastián na noite de domingo, num voo regular.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.