O selecionador espanhol Vicente del Bosque assumiu, de acordo com extratos de um novo livro hoje revelados, que irá abandonar o cargo depois do Europeu de futebol de 2016.

“Se tudo correr como esperado, depois do Euro2016, deixarei a seleção nacional e a Federação espanhola de futebol. Também é uma questão de saúde”, pode ler-se no livro ‘Ganhar e Perder: Força Emocional’, que será lançado na segunda-feira.

Del Bosque, que substituiu Luis Aragonés depois do triunfo espanhol no Euro2008, é uma figura muito popular em Espanha, sobretudo devido às suas campanhas vitoriosas no Mundial de 2010 e à revalidação do título europeu em 2012.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.