A formação da casa conseguiu dar a volta a uma infelicidade inicial de Colotto, que marcou na própria baliza, aos 33 minutos, graças a duas grandes penalidades concretizadas por Guardado, aos 49 e 56.

Mas, aos 69 minutos, Arizmendi restabeleceu a igualdade, que se manteve até final, num embate que os forasteiros acabaram reduzidos a 10 unidades, por expulsão de Mosquera, que viu o segundo cartão amarelo aos 79.

O internacional uruguaio Urreta, emprestado pelo Benfica ao “Depor”, foi titular, mas saiu lesionado aos 42 minutos, sendo substituído pelo ex-vimaranense Desmarets.

A Liga espanhola é liderada pelo Valência, de Miguel, Ricardo Costa e Manuel Fernandes, que segue com três triunfos em três jogos, depois de na terceira ronda ter batido fora o Hércules por 2-1, com tentos de Mata e Pablo Hernandez.

Nos lugares imediatos, com sete pontos, seguem o Sevilha e o Real Madrid, de José Mourinho, Cristiano Ronaldo, Ricardo Carvalho e Pepe, que venceu no reduto da Real Sociedad por 2-1, com tentos do ex-benfiquista Di Maria e de Cristiano Ronaldo, de livre, com a ajuda das costas de Pepe.

Por seu lado, o bicampeão FC Barcelona segue no quinto posto, com seis pontos: venceu fora o Atlético de Madrid por 2-1, num jogo em que Messi voltou a marcar e, a acabar, foi vítima de um entrada a “matar” de Ujfalusi.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.