Rúben Semedo vai prosseguir a carreira no Huesca, depois de deixar a prisão. O defesa central português esteve preso durante 142 dias, por suspeitas de ter, juntamente com outras duas pessoas, sequestrado um homem a quem, sob ameaça com uma pistola, retiraram as chaves do apartamento, de onde alegadamente furtaram dinheiro e objetos.

O Villarreal cedeu o jogador ao Huesca, equipa que esta época subiu a Primeira Divisão do futebol espanhol pela primeira vez.

O jogador internacional sub-21 por Portugal foi contratado pelo Villarreal ao Sporting, no início da época passada, tendo custado 12 milhões de euros. Depois de se estrear no 'submarino amarelo', uma lesão deixou o ex-leão fora dos relvados durante vários dias.

O Huesca é o terceiro emblema espanhol a receber o central de 24 anos. Antes de ingressar no Villarreal, tinha jogado no Reus, por empréstimo do Sporting.

A 19 de fevereiro de 2018, o central foi preso em Valência por suspeitas de ter, juntamente com outras duas pessoas, sequestrado um homem a quem, sob ameaça com uma pistola, retiraram as chaves do apartamento, de onde roubaram dinheiro e objetos.

O português estava também acusado de agredir um homem com uma garrafa, em 29 de outubro de 2017, junto a uma discoteca de Turia, mas foi absolvido do delito depois dos advogados do futebolista e da vítima terem chegaram a acordo que fez cair a queixa.

Mas, após 142 dias em prisão preventiva, o jogador foi colocado em liberdade condicional, mediante o pagamento de uma fiança de 30 mil euros. Rúben Semedo abandonou na passada sexta-feira, 13 de julho, o Centro Penitenciario de Picassent, em Valência, por volta das 19h00 em Espanha, 18h00 em Portugal. À sua esperava estavam a sua mãe e dois amigos.

De acordo com a 'Marca', terá de cumprir uma série de condições: nunca deverá estar a menos de 300 metros da sua vítima (o homem que o acusa de sequestro, tentativa de homicídio, lesões e ameaças à integridade física), não poderá frequentar os locais frequentados habitualmente pelo queixoso. Fica também obrigado a comparecer uma vez por semana perante um juiz.

Rúben Semedo é acusado de crimes de tentativa de homicídio, ameaças, agressões, posse ilegal de armas e roubo com violência.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.