O espanhol Pablo Machín é o novo treinador do Alavés, substituindo no cargo o compatriota Juan Muñiz, anunciou hoje o clube basco da cidade de Vitória, que terminou em 16.º a Liga espanhola de futebol.

Pablo Machín, de 45 anos, é a aposta do Alavés para a época de 2020/21, em que o clube basco celebra o centenário, depois de na presente temporada ter assegurado a permanência, apenas com três pontos de vantagem sobre a ‘linha’ de despromoção.

O novo treinador do emblema basco iniciou a carreira nas categorias inferiores do Numancia, tendo atingido o comando da equipa principal em 2011/12. Em 2014, assinou pelo Girona, clube que levou ao escalão principal e manteve na época seguinte.

O sucesso à frente da equipa catalã levou-o, em 2018/19, ao Sevilha, clube com o qual disputou ‘La Liga’ e a Liga Europa, mas a ausência de resultados abriu a porta de saída do clube andaluz e a de entrada no Espanyol.

Pablo Machín, que enquanto jogador terminou a sua carreira aos 23 anos devido a lesão, esteve poucos dias no comando técnico do Espanyol, que viria a terminar a época de 2019/20 na última posição do campeonato espanhol e a ser despromovido, tal como Leganés (18.º) e Maiorca (19.º).

Em 22 de julho, o treinador espanhol foi anunciado como o novo treinador dos chineses do Qingdao Huanghai, mas o vínculo durou apenas uma semana, com Pablo Machín a alegar razões pessoais – um familiar infetado com covid-19 - para não assumir o compromisso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.