O futebolista espanhol do Atlético de Madrid Fernando Torres, que sofreu na quinta-feira um traumatismo crânio-encefálico, após um choque com um jogador do Deportivo, deixou hoje o hospital Modelo de La Coruña.

À saída do hospital, Torres disse que “por sorte, não passou de um susto”, um dia depois de se submeter a uma ressonância magnética à zona vertical, que não detetou qualquer problema.

O choque com Alex Bergantiños ocorreu durante o jogo da 25.ª jornada da liga espanhola, que terminou empatado 1-1.

Perto do final da partida, que terminou empatada 1-1, Torres e Bergantiños chocaram, com o jogador dos ‘colchoneros’ a cair inanimado no relvado.

Colegas do Atlético de Madrid impediram que o avançado engolisse a língua durante o período em que não estava consciente, tendo o jogador sido transportado para o hospital depois de ser assistido em pleno relvado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.