A Liga espanhola de futebol anunciou hoje um acordo de princípio com o fundo internacional CVC para injetar 2,7 mil milhões de euros na competição e nos clubes, a troco de uma participação de 10 por cento.

“A transação será executada através da criação de uma nova empresa para a qual a La Liga contribuirá com todos os seus negócios, filiais e ‘joint ventures’ e na qual a CVC deterá uma participação minoritária de aproximadamente 10% do capital. Além disso, a CVC fornece fundos à La Liga através de uma empresa conjunta, um acordo a longo prazo que alinha os interesses da Liga, dos clubes e da CVC”, refere a Liga espanhola em comunicado.

O documento acrescenta que a Liga vai manter “intactas desta nova empresa” as suas competências desportivas e organizacionais, bem como a gestão da comercialização dos direitos televisivos.

Segundo o comunicado, o acordo entre as partes, que terá ainda de ser aprovado, avalia a Liga espanhola em mais de 24 mil milhões de euros e visa que esta seja uma “empresa global de entretenimento digital".

“La Liga já está a caminho de se transformar numa empresa global, com o melhor conteúdo de entretenimento, forte presença digital e capacidades de captura e análise de dados que permitem uma interação direta com todos os adeptos e com um claro enfoque na otimização da experiência dos fãs”, salienta.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.