Depois de um empréstimo ao Tottenham, Gareth Bale está de volta ao Real Madrid, mas poderá não voltar a jogar, nem pelos merengues, nem por qualquer outro clube.

Isto porque o galês analisa a possibilidade de se retirar do futebol depois do Europeu deste verão, revela o jornal espanhol 'ABC' esta quarta-feira.

A publicação escreve que o avançado quer negociar a rescisão do contrato que o liga ao Real Madrid até 2022, renunciando a parte dos 15 milhões de euros que recebe. Depois disto, poderá decidir arrumar as chuteiras.

A exigência e a pressão do futebol profissional não agradam ao galês, que já discutiu a sua retirada dos relvados com a família, mas sem ter tomado qualquer decisão final.

Primeiro, Bale vai liderar a seleção do País de Gales no Euro2020 que, caso o rumor se confirme, poderá ser a última competição da carreira do jogador de 31 anos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.