O técnico português reagia à alegada oposição do Real Madrid em orientar a turma das “quinas” nos encontros frente à Dinamarca (8 Outubro) e Islândia (12 Outubro). Portugal soma uma derrota (com a Noruega, 1-0) e um empate (com o Chipre, 4-4) nos primeiros dois encontros disputados no Grupo H de qualificação para o Euro2012.

“Eu queria. Vou ficar de férias em Madrid dez dias a treinar com três jogadores”, afirmou sábado Mourinho em declarações à RTP, após a vitória do Real Madrid sobre a Real Sociedad, por 2-1, com golos do ex-benfiquista Di Maria e de Cristiano Ronaldo.

Apesar de ser um dos três jogadores visados pelas palavras de Mourinho, uma vez que os outros internacionais estarão empenhados nos encontros das respetivas seleções, Granero desdramatizou o comentário de Mourinho.

“A forma como falou e o que disse em relação a estarmos de férias, obviamente que se referia à ausência de 90 por cento dos futebolistas do plantel. É normal”, afirmou Granero em conferência de imprensa, na cidade desportiva do Real Madrid em Valdebebas.

O jogador disse que vai treinar normalmente durante aquele período, mesmo que não seja chamado à selecção espanhola.

“Não creio que haja necessidade de interpretar mal as palavras do treinador. Ele respeita-nos a todos por igual e já o demonstrou. Estejamos aqui poucos ou muitos, sempre mostrou respeito e profissionalismo. Com o que disse não nos quis desprestigiar e por isso não deve ser mal interpretado”, acrescentou Granero.

Portugal ficou sem seleccionador após o afastamento de Carlos Queiroz, por decisão unânime da direcção da Federação Portuguesa de Futebol no passado dia 9 de Setembro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.