A Liga de Clubes espanhola anunciou esta quarta-feira que Hércules, Bétis e Rayo Vallecano estão impedidos de inscrever novos jogadores na reabertura de mercado de Inverno devido a salários em atraso.

De acordo com informações veiculadas pela imprensa espanhola, o Bétis de Sevilha é o caso mais grave com uma dívida de 9.2 milhões de euros. O clube do segundo escalão espanhol, onde actua o português Miguel Lopes, ocupa actualmente a primeira posição na Liga Adelante com 39 pontos.

No Hércules, clube da primeira divisão espanhola, os jogadores têm cinco meses de ordenados em atraso.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.