O médio francês Steven N'Zonzi foi apanhado numa discoteca em Madrid, depois do Sevilha ter sido goleado pelo Barcelona por 5-0 na final da Taça do Rei. A atitude caiu mal junto de adeptos e direção do clube.

O presidente do Sevilha, José Castro, já reagiu a este caso que envolve o futebolista francês e garantiu que vai tomar medidas sérias perante esta situação.

"Não foi a atitude mais apropriada num dia como o de ontem [sábado]. O clube tem previstas regras de comportamento, as quais serão aplicadas. Já sobre o jogo, temos de pedir desculpa aos adeptos pelo que se passou. Não competimos. Podemos perder, mas não desta forma. Temos de tomar decisões de cabeça fria", afirmou o dirigente.

O médio também já pediu desculpas pela sua atitude, em declarações ao site oficial do clube: "Quero pedir desculpa aos adeptos do Sevilha. Cometi um erro por ter saído depois do jogo. É difícil, não estamos contentes com o que fizemos. Para nós, jogadores, é complicado mentalmente, jogamos de três em três dias. Eu, por exemplo, vivo sozinho, estou sempre em casa, vou ao treino, volto, descanso... sempre em casa. Ontem tinha a minha família e os meus amigos comigo e saímos. Percebo que errei mas vou continuar a trabalhar e a dar tudo em campo."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.