Toni Kroos sempre foi muito honesto e voltou a sê-lo no seu podcast semanal. O médio alemão falou com muita sinceridade sobre a frustrada passagem de Julen Lopetegui pelo Real Madrid.

O alemão mostrou muito respeito pelo antigo treinador do FC Porto, deixando bem claro que foi a saída que mais lhe custou.

"A demissão de Lopetegui foi a que mais me doeu pessoalmente, porque é um treinador e pessoa de primeira classe. Simplesmente teve um momento de merda quando chegou ao Real. Fiquei muito contente quando ganhou a Liga Europa com o Sevilha. Ele merece”, disse Kroos.

Não é a primeira vez que Kroos valoriza positivamente a passagem de Lopetegui pelo Real Madrid, apesar dos maus resultados e de ter durado apenas alguns meses em 2018 como treinador.

"Acho que fez um ótimo trabalho, mas não teve sorte. E se os resultados não aparecem é mau para um clube", disse ele em 2019, meses após a demissão do treinador espanhol.

Lopetegui começou bem a época no Real Madrid, tanto no campeonato espanhol como na Liga dos Campeões - a equipa havia perdido a Supertaça -, mas aos poucos, com o passar das semanas, o Real Madrid foi baixando o rendimento e pecando na finalização, até à sua demissão.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.