A líder Real Sociedad viu hoje encurtar para um ponto a sua liderança na Liga espanhola de futebol, em relação a um Atlético de Madrid com menos dois jogos disputados, ao empatar 1-1 na receção ao Villarreal.

Num jogo em que só se marcou de grande penalidade, pelos dois principais ‘artilheiros’ do campeonato, os visitantes adiantaram-se aos seis minutos, por Gerard Moreno, e os bascos responderam aos 33, por Mikel Oyarzabal.

Com este empate, a Real Sociedad passou a somar 24 pontos, contra 23 do Atlético de Madrid (tem menos dois jogos disputados), 20 do Villarreal, 17 do Real Madrid (menos um jogo), 16 do Sevilha (menos dois) e 15 do Cadiz.

Nos outros embates do dia, destaque para o FC Barcelona, que regressou às vitórias na prova, ao golear em casa o Osasuna por 4-0, num jogo marcado pela sentida homenagem de Lionel Messi a Diego Armando Maradona, que morreu na quarta-feira.

Aos 73 minutos, Messi marcou um ‘grande’ golo de pé esquerdo de fora da área e, após festejar com os companheiros, tirou a sua ‘10’ e ficou com uma ‘10’ de Maradona, do Newell’s Old Boys, que tinha por baixo, apontando para o céu. Foi para ti, Diego.

O argentino passou a contar 448 golos em 494 jogos na Liga espanhola, quatro dos quais em 2020/21, época em que só soma oito tentos – três na Liga dos Campeões e um pela seleção.

O golo de Messi foi o quarto tento dos catalães, tendo os outros pertencido ao dinamarquês Martins Braithwaite, aos 29, ao francês Antoine Griezmann, outro ‘golaço’, aos 42, e ao brasileiro Coutinho, aos 57, num jogo em que Trincão entrou aos 61.

O FC Barcelona, que tem dois jogos em atraso, já perdeu três vezes e totaliza apenas 14 pontos, tendo ascendido ao sétimo lugar, ao ultrapassar, entre outros, o Getafe e o Athletic, que empataram 1-1 e ficaram ambos com 13.

No Coliseum Alfonso Pérez, os bascos adiantaram-se logo aos nove minutos, por Asier Villalibre, mas os locais restabeleceram a igualdade, aos 75, por Ángel.

Para trás, ficou também o Granada, que se manteve com 14 pontos, ao perder por 3-1 no reduto do Celta de Vigo, depois de se ter adiantado no marcador, aos 25 minutos, por intermédio do colombiano Luis Suárez.

Os galegos, que saltaram do último para o 18.º posto, com 10 pontos, conseguiram a reviravolta com tentos do ex-benfiquista Nolito, aos 27 minutos, de Miguel Baeza, aos 81, e de Francisco Beltrán, aos 85.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.