O treinador do Barcelona não ficou indiferente à saída de Rafael Benítez do comando técnico do Real Madrid, e considerou que quando as coisas não correm bem no futebol é sempre mais fácil para as direções despedirem os treinadores.

"Não me surpreende a demissão de Benítez porque isso é algo normal. A corda rompe-se sempre do lado do mais fraco, o treinador", começou por dizer Rafael Benítez na conferência de imprensa de hoje.

Questionado sobre a opção de Florentino em escolher Zidane como substituto de Benítez, Luis Enrique recordou que nem sempre os grandes jogadores acabam por ser bons treinadores.

"Ter sido um grande jogador não é garantia de sucesso como treinador", atirou Luis Enrique, antigo jogador do Barcelona e Real Madrid, que curiosamente teve um desentendimento com Zidane durante um 'clássico'.

Já em relação aos reforços do Barcelona neste mercado de transferências, Luís Enrique assumiu que a integração de Arda Turan e Aleix Vidal na equipa vai dar mais qualidade às suas opções.

"Arda e Aleix estão muito bem, contentes por fazer parte da equipa principal. Ambos treinaram, mas não está decidido ainda quanto tempo vão jogar. São jogadores versáteis. Arda pode atuar no meio e nos flancos e Aleix joga como lateral, no meio e até mesmo como extremo", afirmou Luis Enrique sobre os reforços.

"A evolução de Neymar é muito boa. Ele chegou cá ainda muito jovem e teve que se adaptar, mas um ano depois já demonstra resultados incríveis, no trabalho coletivo e também individualmente, sabe quando jogar de primeira e quando segurar a bola. Tem uma margem de crescimento muito grande", concluiu o técnico do Barcelona.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.