Leonel Messi, capitão do Barcelona, pode rescindir o contrato que o liga ao Barcelona a cada 30 de junho, ou seja, no final de qualquer temporada.

A informação é divulgada pelo jornal espanhol 'El País', que avança que a clausula pode ser acionada pelo argentino caso pretenda terminar a sua ligação ao clube 'blaugrana' antes de 2021, ano em que termina o contrato renovado em 2017.

"Ele pode terminar o contrato quando quiser, no final de cada temporada, foi o acordado entre as duas partes", revelam fontes do clube ao jornal espanhol.

Ainda assim, o clube catalão revela tranquilidade uma vez que a clausula não significa que o jogador, desde 2005 no 'Barça', tenha nos seus planos abandonar Camp Nou. Além disso já outras lendas do clube como Puyol, Xavi ou Iniesta tinham esta possibilidade no contrato.

Segundo a Cadena Ser, no caso de Iniesta, a clausula impedia-o de sair para um clube europeu. Não é conhecido se no caso de Messi existe a mesma interdição.

O astro argentino encontra-se nesta altura a recuperar de lesão, sendo que o seu regresso à equipa treinada por Ernesto Valverde está previsto para depois da pausa das seleções.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.