“Falou-se muito da minha possível saída. No ano passado tive a oportunidade de, à última hora, ir embora, mas o treinador (Unai Emery) disse que ‘não’, pois contava comigo e estou contente por isso”, revelou.

Agora que se juntou à equipa na Eslovénia, onde o Valência estagia, em Ptuj, Miguel, diz que, depois de ter gozado as férias após o Mundial2010, está pronto para uma boa época.

“Estou bem, aproveitei muito as férias e o tempo com as minhas filhas. Agora que estou aqui e feliz, é hora de trabalhar”, vincou.

Miguel chegou à Eslovénia acompanhado de Ricardo Costa, o central internacional português que se comprometeu com o clube espanhol antes de ir para o Campeonato do Mundo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.