A autoridade tributária espanhola divulgou esta quarta-feira uma lista de devedores ao Estado, na qual são revelados os nomes de entidades ou indivíduos com dívidas ou multas superiores a um milhão de euros por pagar desde 31 de dezembro de 2019. Nessa lista surge o nome de Neymar, que é mesmo a pessoa singular com maior volume de dívida: qualquer coisa como 34,6 milhões de euros.

Neymar, recorde-se, representou o Barcelona entre 2013 e 2017, antes de rumar ao Paris Saint-Germain a troco de 222 milhões de euros.

Na lista surgem ainda outras entidades e outros nomes ligados ao desporto espanhol. No futebol, o Real Murcia, com uma dívida de 10,7 milhões, o Hércules, que deve ao fisco espanhol 3,7 milhões de euros, o Lleida Sportiu, com 1,5 milhões eu dívida, o Real Jaén (1,2 milhões) e o Reus Deportiu (1,1 milhões).

Há ainda na lista o nome do antigo futebolista argentino Gabriel Milito, com uma dívida que chega aos 1,8 milhões de euros.

Noutras modalidades, Club Basquet Girona deve também mais de 10 milhões de euros, enquanto o Atlético Alcantarilla deve 1,8 millones e o Balonmano Neptuno, clube de andebol, deve um milhão.

Tamém o ex-piloto Sito Pons, antigo campeão do mundo de motociclismo, de 60 anos, surge na lista com uma dívida superior a um milhão de euros, mais concretamente de 1,95 milhões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.